segunda-feira


“É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre

[Carlos Drummond de Andrade]


******************

*O ano se encerra assim como um capítulo.

[O Happy end depende do seu humor]

*Pensamentos mais e mais em como será o dia seguinte.

*Depois que o sol se pôr e nascer de novo tudo pode acontecer.

[Depende do seu grande interesse]

*E o relógio?

[Ainda há tempo...]

"Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje."

--------------------


quinta-feira


Tempo de nascer de novo

e com maior brevidade brindar.

À doçura

Mais afeto

Mais verdade

E mil vezes amor.

Feliz Natal!*

*****************************


Noite...

Noite de sono

E noite que não dorme.

Sonhos,

Dormindo e acordada.

O movimento voluntário e involuntário

Dos olhos,

Dos corpos.

O calor da estação.

Corpo a corpo,

Os suores,

Silêncio, respiração e coração.

Noite, transpiração e inspiração.

------------------

sábado

Seu garçom faça o favor de me trazer depressa
Uma boa média que não seja requentada
Um pão bem quente com manteiga à beça
Um guardanapo e um copo d'água bem gelada
Feche a porta da direita com muito cuidado
Que eu não estou disposto a ficar exposto ao sol
Vá perguntar ao seu freguês do lado
Qual foi o resultado do fute..bol

Se você ficar limpando a mesa
Não me levanto nem pago a despesa
Vá pedir ao seu patrão
Uma caneta, um tinteiro,
Um envelope e um cartão,
Não se esqueça de me dar palitos
E um cigarro pra espantar mosquitos
Vá dizer ao charuteiro
Que me empreste umas revistas,
Um isqueiro e um cinzeiro

Telefone ao menos uma vez
Para três quatro quatro três três três
E ordene ao seu Osório
Que me mande um guarda-chuva
Aqui pro nosso escritório
Seu garçom me empresta algum dinheiro
Que eu deixei o meu com o bicheiro,
Vá dizer ao seu gerente
Que pendure esta despesa
No cabide ali em frente

[Conversa de botequim - Noel Rosa/Vadico - 1935]
,,,,,,,,,,,,

domingo

Naquela hora, em torno de si

O resgate de emoções perdidas e achadas.

À tona, bem li a causa dos longos devaneios.

Frente a frente.

Respirou e do caos aos céus em um segundo.

As coisas mudam...

Giram em movimentos abruptos.

Bons tempos se fizeram.

...

terça-feira


Ansiedade infinita
esquisita
Taquicardia
Suor frio e quente
e depois frio novamente

Ansiedade combina com modernidade?

E essa identidade dos sons no final dos dois?
???

Confira
Tudo que respira
Conspira
[Paulo Leminski]
-------

Pelos caminhos que ando
Um dia vai ser
não sei quando.
[Paulo Leminski]

---------------------

quarta-feira

[...]

E depois de um suspiro ela falou:

- Sou dividida.

Em inúmeras gavetinhas.

Todas preciosas:

A do amor é a preferida.

Tem a das artes... das letras soltas... entretenimento...

Dos detalhes... dúvida... objetividade...

Dos projetos...Da paciência, que ultimamente anda um pouco vazia.

Das lembranças ,sempre cheia.

Aquela que contém a dor ,às vezes, mesmo sem querer abre-se e não gosto.

A do medo evito sempre , de tempos em tempos fica cheia demais e tenho que jogar alguns fora.

Muitas e muitas.

É onde guardo os fatos essenciais da vida

e as coisas que contam e que não contam para o mundo cruel.

Vez em quando vasculho tudo...

As gavetas, uma por uma.

É preciso

E são tantas que talvez me pergunte, em alguma hora, o por quê de não juntá-las numa síntese rigorosa.

Pois bem, Juntar-me daria tanto trabalho que levaria décadas imersa numa incansável tarefa de organização.

Isso estender-se-ia muito e acabaria surgindo partes dentro de outras partes independentes.

Entende?


- Talvez um dia.

[...]

sábado

Sábado é um bom dia para curar a dor.
Uns analgésicos
Uma bolsa de gelo no machucado
Uns beijinhos e carinhos para agora
Um livro pra depois
E uma música ...


quinta-feira

"Acredito que coisas boas acontecem todos os dias.
Acredito que coisas boas acontecem, mesmo quando coisas ruins acontecem.
E eu acredito que, num dia feliz como hoje, ainda podemos nos sentir um pouco tristes.
A vida é assim, não é?"

É...

:]

terça-feira

Naquela hora a música mal se ouvia.
Noite,o silêncio quase todo.
E então falou baixinho,
Para não acordar,
Como se estivesse analisando seus próprios pensamentos:
- Uma garota doce e admirável,
mas quando se trata de impor sua opinião...(pausa)
igualmente geniosa.
Amor à flor da pele
E seu feitiço é o meu destino.

-----------------------

segunda-feira

Quer uma biografia de verdade?
Compre a de um rock star, oras!

.......................

*Há meses tento entender de política.

[Por que não dizer há anos?]

*Me pergunto o tempo todo se tenho observado mesmo com veemência.

*Pois não é verdade que para tomar conhecimento de algo tem que ver, rever e reconhecer para depois concluir?

[Nada mais grotesco do quê uma opinião perdida, em horas não certas, para pessoas tão erradas quanto.]

*Mas aonde está à arte de bem governar os povos?

*Preciso ver, tomar nota, crer.

[O tempo é curto e chorado até o voto]

*E eis que surgem as faces dos políticos na televisão...

*Entre francas gargalhadas e sorrisos irônicos...

*Horror e arrepios de nojo...

*Interrogo-me novamente.

[??????...]


Motherfucker reflections II

quinta-feira

"A Arte existe para que a realidade não nos destrua"
[F. Nietzsche]

[Fountain - 1917 -Marcel Duchamp]
------------------

terça-feira







A propósito,
A vista da sua casa
é linda.

Escreve a memória

Impressões,

Conhecimentos adquiridos

Lembranças, recordações

O som, o sabor, o vento,

As cores e aquele monumento.

Todos os momentos,

Guardo-os com absoluta fidelidade

Por instinto,

Sem guardar segredo.

Então,

Até a vista.

...

sábado

Voou

Ficou rente com as aves

E depois com as nuvens

Perto do sonho

Perto do sol

Sim, agora ele estava bem ao seu lado

[Mas ele sempre esteve]

Só que agora mais perto

Brilhando tudo

Refletido nas pupilas

Na menina dos olhos em frente de si

Extraordinário

Lindo

Inesquecível

Feliz.

...

domingo

quarta-feira

Ego


Com a mão apoiando o queixo
Folheava as páginas do jornal.
Parou no zodíaco.
Examinou com minúcia.
Ajeitou os óculos que escorregavam sobre o nariz.
Ergueu a cabeça e disse:
-Muito bem querida, chegamos em setembro.
Por influência direta dos astros e do mundo,
pelos sentidos, pelas consequências, pelo controle,
pelos desejos e pelos impulsos,
É hora de "dançar para não dançar" e reorganizar as gavetas.
Ah! Depois aceito uma massagem.

...

sábado

Se você tá procurando amor
Deixe a gratidão de lado:
- O que que amor tem haver
Com gratidão, menino,
Que bobagem é essa?
O amor é egoísta,
Sim – sim – sim, Tem que ser assim.
O amor, ele só cuida
Si – si – si
Só cuida de si.
- Então quer dizer que o amor é mesmo sem caráter?
Sim – sim – sim – sim
Tem que ser assim,
- E sem caráter, de quem é que ele cuida?
Si – si – si
Só cuida de si.
Sem alma, cruel, cretino,
Descarado, filho da mãe,
O amor é um rock
E a personalidade dele é um pagode.

[Tom Zé in O Amor é um Rock]
Dica da Carol.

terça-feira

Posso dizer que

É exatamente

O amor...

Aquele mesmo,

Que nos leva além.

Com ímpeto

Às cenas românticas,

À poesia no ar e na pele.

Aquele que instiga com fervor.

O amor...

Aquele que faz caber

Em apenas um gesto

Toda a ternura do mundo.

E que me leva fácil,

Mesmo que seja para o abate.

...

terça-feira


Política [F. subst. de político]
10. fig. Astúcia, ardil, artifício, esperteza.
[Cf. politica, do v. politicar.]
Dic. Aurélio da língua Portuguesa

Ora, isso significa que ultimamente só acredito no átomo e no espaço vazio.
Condições concretas e fim.

-------------------------

domingo

Turn Turn Turn!

Flashs de época efervescente de aulas de violão/guitarra sem muito sucesso para uma aluna não muito dedicada.

Então aí vai...

Aprenda a tocar com Roger McGuinn


Afinal há um momento para cada propósito.

quinta-feira

[...]
Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto...

[...]
Direis agora: "Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?"

E eu vos direi: "Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas".

[Olavo Bilac in Via Láctea - Soneto XIII]

************************************

quarta-feira

E quando ela acordou

Ainda havia alguma névoa nos vidros

Misturando-se com a fumaça que subia da chaleira.

O céu estava tão claro lá fora...

Ficou ali observando por uns minutos

E pouco tempo depois...

TrimMM! TrimmmM!

-Você não vem?

segunda-feira

Olhos pesados.
Sensação de estar sonhando acordada.
Bom, primeiro vamos dormir,
Depois vamos aos acontecimentos.
Talvez amanhã eu também encontre
Uma chave mágica,
Um truque,rápido e bem simples,
Assim como surgem os pombos das mangas dos prestímanos.

............

quarta-feira



You give me fever,
When you kiss me,
Fever when you hold me tight.
Fever! In the morning,
Fever all through the night.
................................

segunda-feira


Vestígios não verbais também me impressionam.

Ler sem usar palavras.

Ver, sentir e ponto.

Os silêncios também falam.

E há algo muito além do diálogo vivo

entre eu e você.

Os silêncios falam sempre,

Muitas vezes são tagarelas

E discursam muito sobre os nossos interesses

em comum.

Até mesmo sobre os nossos ímpetos incendiários.


------------------

quinta-feira

If I don't write to empty my mind, I go mad. As to that regular, uninterrupted love of writing. I do not understand it. I feel it as a torture, which I must get rid of, but never as a pleasure. On the contrary, I think composition a great pain.
[Lord Byron]

Se eu não escrevesse para esvaziar minha mente
eu também enlouqueceria,
E eu também não entendo isso...

terça-feira

Hoje como leitora reflexiva.
Nenhum sobressalto.
Linhas, letras
Prosas, poesias
e ponto final.


quinta-feira

O relógio é imenso
E de tempos em tempos
Um minuto para um café
Um minuto para aos meus pensamentos.

Um minuto a sós.
Um minuto é muito pouco pra pensar.[no amor]


O relógio é imenso nas ausências.
..............
De volta ao batente
Em frente ao cronômetro.
Telefone/
celular
Números
Recados
Gravatas e nós.
Olhos na tela
Mensagens
e evidências.
Eu no meio dos outros

e outros.

-------------

quarta-feira



Não é todo dia que descobrem que você tem
Uma anomalia pulpar do elemento quarenta e cinco.

Eu?

Eu descobri que o meu dentista é uma espécie de Fada do Dente.
E que anormalidade é comum a tudo quanto existe.

--------------------

segunda-feira

[...]
- Em milionésimos de segundos
[Em meio a milhões de opções de dúvidas vida afora]
Te respondo com a mais pura e concreta certeza:
Felicidade é sentir o perfume dos seus cabelos.
- Smaaack!!!

.......................................

sábado


"O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo."
[Clarice Lispector]

Sempre...
----------------

quinta-feira


Na superfície do copo suado
riscava desenhos com as pontas dos dedos
em meio aos ruídos que já não ouvi-se mais
e os aglomerados que já não se via
Aquele olhar com o brilho de mil sóis
Fez-me sorrir com o canto da boca.

-Pois bem, caros amigos,
viver é boníssimo.

..................

terça-feira

Esa noche con Frida

[Las dos Frida - 1939]

''Origem das duas Fridas. Recordação. Devia ter 6 anos quando vivi intensamente a amizade imaginária com uma menina de minha idade. (...) Não me lembro de sua imagem, nem de sua cor. Porém sei que era alegre e ria muito. Sem sons. Era ágil e dançava como se não tivesse nenhum peso. Eu a seguia em todos os seus movimentos e contava para ela, enquanto ela dançava, meus problemas secretos. Quais? Não me lembro. Porém ela sabia, por minha voz, de todas as minhas coisas...''

Diário Frida Khalo

......................................

sexta-feira

Vamos dançar e "Deixar ser pra sempre"


Esplelhos,luz,projeções e uma ótima música.

Let Forever Be - The Chemical Brothers

directed by Michel Gondry
-------------------------------

Falei: "Sempre achei que futebol além de ser gol
era sinônimo de arrasar, detonar,
dar uma surra ou chutar o traseiro do adversário."

FOOTBALL = KICK ASS

-----------------

quarta-feira

...

E ela embarca outra vez

Numa quase dúvida,

Se não uma dúvida concreta.

Pensando, pensando

Entre a solidão da criação

E os olhos atentos de quem ler.

Entre o amanhecer e uma noite de sono mal dormida.

Entre realidades coloridas e sonhos dourados.

Entre beijos e afagos.

Entre movimentos voluntários

E involuntários do corpo.

Entre o claro e o escuro da mente.

Equilibrando-se entre a insuficiência de motivos

E os motivos contrários.

...