quarta-feira


- Me espera voltar quando?
Quase não demoro.
De quando a quando me veja.
Senão quando numa noite dessas retorno.
----------

segunda-feira

[Gato laranja com flores - Aldemir Martins - 1999]


..........
"Gata: Porque cantar uma música me custou muitíssimo, miau."
.....

quinta-feira

Artifício nº 2

Investigue esse universo [através]
E faça jus ao que há de belo e de amargo nele.
Passeie pelas cores dos ambientes.
Relate suas viagens,

Filosóficas , psicodélicas ou não.

''''''''''''''''''''''''''''''''''''''

Estava escrito

Bem ali...

Na xícara de café,

No rótulo da embalagem,

Na capa do jornal,

Dentro do biscoito da sorte,

No muro,

Na sua blusa,

Refletido nas suas lentes escuras

E eu via,

E eu lia,

Quantas vezes eu olhasse.

//////


quarta-feira

terça-feira


love it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im sayinglove it when you pay attention to what im saying

[...Do lat. vulg. carentia, do lat. carere, ‘ter falta de’.]

sábado




" (...)Como a morfina que se precisa
cada vez de maiores doses
para senti-la."
[C. Lispector]

Insone noite,
Observo...
Admiro...
E dorme ao meu lado.
Sinto bem de perto
A respiração,
Fecho os olhos devagar

E sinto...
O cheiro da pele,
O cheiro dos cabelos
E sinto-me completa.
Um sorriso de orelha a orelha.


*____________________*

quarta-feira

"Prova. Olha. Toca. Cheira.Escuta.
/Cada sentido é um dom divino."
[Manuel Bandeira – Estrela da Vida Inteira, p.20]

terça-feira

-Livre?

Ela falou.

- Quem dera fosse livre,

Assim dona da minha própria asa.

Desprendida como o vento em seus cabelos soltos.

E disse depois:

- Quem dera saber falar as coisas certas, nas horas certas.

Sem temer as chamas e a inquietude enxergadas diante do espelho.

------

quarta-feira

Circulação urbana.
Dá pra dizer o calor que faz só olhando,
Cabelos levemente molhados.
Gotas
Vapor
Transpiração.
Trans P-i-r-a-ç-ã-o

E assim as coisas seguem.
Quentes
Bem quentes.

'''''